TPM


-Tô carente…
-Quer um abraço?
– Siiimm! Me abraça??? Pelo amor da nossa senhora da tpm me soltaaa, não me abraça fiidikenga!!! Não percebe que meus peitos estã doloridos?
-Vamos assistir um filme?
-Não! Não quero chorar!
– Mas é comédia!
– Também não quero rir.. tô de mau humor..
– Quer fazer o que?
-Só quero paz, pode ser?
– Ok! Você ta bem?
– To ótima! Porque?
– Ah sei lá, ta com a cara estranha?
-Tá sugerindo que tô feia, é isso?
-Nãão! Só acho que você não tá bem!
-É obvio que não tô bem! Tem uma bomba dentro de mim! Parece que vou explodir a qualquer momento…
Eu quero chorar de raiva! Quero bater na cara de um! Quero arrumar briga no trânsito! Quero comer caixas de chocolates! Quero sacos de jujubas, (só as verdes) quero ser abraçada, quero matar o vizinho que ousa me acordar as 9 da madrugada gritando com aquela fiarada encapetada.Quero que minha dor passa, juntamente com o inchaço. Quero me sentir magra, quero comer muito, e se você reclamar te mordo também .
Quero sair ; nao suporto mais olhar pra cara desse povo; 

Quero voltar pra casa; não aguento mais ficar em casa;

 Fica comigo; me deixa sozinha, preciso de paz;

 Fala comigo? Para de falar, que a sua voz ta me irritando;
Porque não fala comigo? O que foi que eu fiz?
Vai embora então! Não me deixa sozinha por favor..
Pai amado, vou morrer de tanta cólicaaaa!

#paz
4 dias depois…
-Vamos sair? que hoje quero causar! Quero ver gente!
To me sentindo fantástica!
Acordei rindo com os filhos do vizinho… são uma graça aquelas crianças…
Se não tiver afim de sair, podemos ver um filme. Qual? Ah qualquer um, sabe que adoro filmes. Chocolates? Não precisa não.. sabe que não faz bem..além de tudo, calórico por demais… pode deixar que faço uma saladinha aqui pra gente.
Saudade do seu abraço, aquele estrala costelas..
Mulher: sexo frágil?
Além dessa avalanche de emoções chamada TPM, ainda temos que dar conta de todas as outras obrigações..
Umas com filhos, outras com marido e filhos, outras com familiares, trabalho, estudo, casa,comida, roupa lavada, e segue sem fim a lista das nossas responsabilidades. E ainda ousam nos chamar de sexo frágil?
Eu só pude escrever sobre isso recentemente, porque senti na pele todas essas emoções.
Até os 30 era “de boa”, muita cólica, dor no peito e só..mas de um ano pra cá sempre que entro na tpm, eu sinto vontade de esganar um… “sangue no zóio” mesmo.. e eu que nunca sentia esse turbilhão de sensações, achava que era frescurite aguda da mulherada, paguei a língua..
Então seguem dois recadinhos:
À você mulher, que nunca sentiu isso, não critique, é real. Infelizmente. E apenas agradeça, quem sabe assim a mãe natureza lhe poupe por controlar a língua. (Não tive essa sorte)
À você homem: se possível, mantenha distância! Se de tudo nao conseguir e for obrigado a tolerar uma mulher com tpm, e conseguiu sobreviver ao lado dela sem mata-la, apesar de intimamente ja ter desejado fazer isso, que eu sei.. meus sinceros parabéns! Você é um vencedor! Bem-vindo ao turbulento mundo do sexo instável, mas nada frágil! 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s